bar de Swing

Funcionamento de um bar de Swing

Um bar de swing é um local carregado de mitos. A sociedade hoje em dia, muitas vezes, não está ainda preparada para aceitar a sua verdadeira realidade.

Ao revelar a verdadeira identidade de um bar de Swing, irá perceber que afinal não é nada chocante, é apenas um bar com música, onde é permitido ter sexo, em quartos/ espaços apropriados.

Compreenda como funciona um bar de swing.

Um bar de swing

O ambiente é o de um bar normal: há música, álcool, uma pista de dança, pode ainda dizer-se que também se pode experienciar pole dance. Esteja descansado, caso pense em visitar o bar de swing, mas se não tiver preparado para ver sexo, não há problema. O sexo não tem lugar no bar, mas sim em quartos separados, salas, labirintos ou em darkrooms.

Dependendo do bar de swing que vá, as condições são diferentes, podem haver quartos fechados ou com paredes de vidro, para satisfazer o desejo de alguns Swingers que gostam de ver outras pessoas a terem sexo. Há ainda bares de swing, que têm salas escuras, onde vários casais podem ter relações sexuais em grupo mas não há como saber o que se está a passar na realidade.

Há ainda os labirintos e corredores, onde os casais podem simplesmente, ter sexo e ao mesmo tempo apalpar quem vai passando!

Frequentadores

Os frequentadores de um bar de swing só obrigatoriamente maiores de 18 anos. Podem entrar casais e mulheres solteiras. Homens solteiros, nem sempre a entrada é permitida, só em alguns bares.

Como em qualquer outro bar ou discoteca, o preço de entrada varia, sendo que para as mulheres solteiras é bem mais barato do que para homens. É de relembrar mais uma vez, que este estilo de vida tem que ser respeito, e se tem na ideia ir a um bar de swing, só porque sim, está muito enganado, às vezes à entrada, são feitos questionários para terem a certeza de que o casal é mesmo verdadeiro e não um homem acompanhado por uma acompanhante de luxo, por exemplo.

Já foi referido várias vezes, a uso de protecção, preservativos é sempre obrigatório, e um bar de swing a última coisa que deseja é ter fama de ser frequentado por prostitutas e que por terem sexo com os seus clientes, tenha havido transmissão de doenças sexualmente transmissíveis. Daí todo o sigilo e a necessidade de respeitar o ambiente e as regras para frequentarem uma casa/ bar de swing.

As pessoas que frequentam o bar de swing, maioritariamente, as mulheres são bissexuais e os homens são heterossexuais. Mas claro, que há sempre a possibilidade de também serem bissexuais, não há discriminação. Outro factor importante: Quando um casal entra num bar de swing, o homem tem que estar preparado porque a mulher vai ser assediada.

Mais uma vez relembro, o casal deve de estar preparado para tudo, e acima de tudo, tem que manter confiança um no outro, para não haver discussões nem ciúmes.

Se vai pela primeira vez a um bar de swing, não se esqueça que há muitos curiosos, é normal que haja pessoas que não estejam ainda preparadas para terem sexo e querem somente ver o que se passa. É preciso respeitar a vontade dos outros, sempre!

Como abordar

Caso seja homem, e queira abordar uma mulher, há regras para isso.

Certifique-se se ela está ou não acompanhada;

Se estiver acompanhada, só pode falar com ela, quando o homem estiver por perto, assim não haverá confusão para o seu lado, lembre-se respeito acima de tudo!

Pode ser directo no que quer, mas fala de forma tranquila e respeite a decisão da mulher;

Se ela disser que não, é não. Não insista, um bar de swing é mesmo para as pessoas terem sexo, mas a vontade de cada um tem que ser respeitada;

O que acontece

Sim é um bar de swing, mas como já pôde ver ao longo do texto, não é só troca de casais que há neste tipo de estabelecimentos. Pode haver sexo a três, o casal pode não sentir-se preparado para trocar, mas podem sempre fazer sexo um com o outro. Além do mais, há os curiosos que gostam apenas de observar outros casais/ pessoas a terem sexo.

As Regras do Swing

Se acha que no swing vale tudo está muito enganado. NÃO É NÃO, e as mulheres podem dizer não a terem mais uma mulher no grupo de sexo, se não quiserem outro homem ou se ela não quiser ter sexo sem protecção (ok, esta última volto a reforçar, proteja-se e ao seu companheiro, levem sempre muitos preservativos!).

Há casais que querem só observar, por isso, não insista. É preciso respeita as pessoas que fazem swing, mas também respeitar e muito a liberdade e os limites de cada um.

É ainda preciso deixar outra nota, na pista de dança de um bar de swing, não é permitido ter sexo, quando muito, pode haver beijos e troca de caricias.

Depois do bar de swing

Mesmo que nunca mais volte a frequentar o bar de swing, é preciso deixar bem claro, que as pessoas que frequentam estes locais presam por privacidade e sigilo.

Por isso, tenha isso em consideração caso veja algum amigo ou conhecido, cada pessoa faz a sua escolha sexual e isso só a ela diz respeito.

Quem deve de ir a um bar de swing

Todos temos as nossas fantasias sexuais e fetiches, e embora muitas pessoas não admitam, principalmente mulheres, todos querem ir pelo menos uma vez para saberem como é.

Mas há uma questão emocional que muitos casais se esquecem, nem todos estão preparados para verem o outro com alguém, a nível sexual, ou porque as mulheres têm medo de perder o homem ou porque o homem tem ciúmes.

Outra questão, se tem problemas no seu relacionamento, o swing não é uma formula mágica para os resolver, bem pelo contrário pode até mesmo acabar com a relação amorosa.

Antes de optarem por este estilo de vida, volto a reforçar, conversam bastante sobre o assunto e tenham a certeza de que é mesmo isso que querem.

Depois de terem a certeza, vão a um bar de swing, cheios de preservativos (os dois) e divirtam-se o mais que puderem!

6 comentários em “Funcionamento de um bar de Swing”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *